Associação de servidores reclama de atraso no repasse da contribuição sindical por parte da Sefaz

Segundo a Asseec, a retenção dos recursos não recebeu aviso prévio

A Associação dos Servidores da Secretaria de Educação do Estado do Ceará (Asseec) reclama da demora no repasse da contribuição associativa dos servidores que, até o mês de dezembro de 2019, era feito no dia primeiro de cada mês.

A Asseec disse que a retenção dos recursos não recebeu aviso prévio, por parte da Secretaria da Fazenda (Sefaz), que alegou apenas que segue orientação da Secretaria do Planejamento e Gestão do Estado (Seplag).

Desde o início do ano, o repasse passou a ser realizado em dois momentos: no quinto dia útil, quando são depositados os valores correspondentes aos descontos dos servidores ativos, e na segunda quinzena, quando a Sefaz transfere os valores dos aposentados.

A presidente da Asseec, Rita de Cássia Gomes, aponta que “essa ação acarretou uma série de prejuízos, pois representamos uma entidade sem fins lucrativo que depende da contribuição voluntária dos servidores para pagar as despesas”.

“Quem vai pagar os juros de contas e encargos sociais? Quem vai explicar essa situação aos funcionários da Asseec que estão com o salário atrasado?”, lamentou Rita.

Cada servidor associado autoriza a adesão, sendo o desconto direto em folha de pagamento. Dando continuidade ao processo, o Estado recolhe o montante arrecadado e repassa para a associação. “Só que isso não está acontecendo dentro da regularidade”, reclamou a dirigente da Asseec, que representa 8.624 servidores da Educação.

FONTE: Blog do Eliomar – Jornal O Povo Online

Author: Jefferson Abreu

Compartilhe


Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Asseec na luta: Associação tem sido vitoriosa nas demandas requeridas pelos trabalhadores da educação!


Ver matéria completa