Asseec requer reunião emergencial para debater pontos da previdência estadual

Reforma Asseec

A Associação dos Servidores da Secretaria de Educação do Estado do Ceará (ASSEEC) alerta para que todos permaneçam mobilizados contra a reforma da  Previdência no serviço público do Ceará. A proposta foi enviada pelo governador Camilo Santana à Assembleia Legislativa em fevereiro passado, porém, por ser ano eleitoral, tramita às escondidas. A presidente da ASSEEC, que também ocupa a coordenação geral do Fuaspec, Ritinha Bacana, já requereu reuniões a fim de debater a pauta, mas ainda não foi atendida.

Caso a proposta seja aprovada pelos parlamentares cearenses, haverá mudanças no valor das aposentadorias e pensões, dificultando cada vez mais a vida dos aposentados. A ASSEEC não aceitará a retirada de direitos, todavia, esclarece que os associados deverão estar unidos. Vale lembra que em 2016, exatamente no período natalino, o governo encaminhou uma proposta que aumentou a alíquota da previdência de 11% para 14%.

“Não podemos aceitar essa injustiça. Oferecemos o melhor no atendimento e somos apunhalados pelas costas. É necessário permanecer na vigilância”, concluiu Ritinha Bacana.

Charge publicada no site valdecyalves.blogspot.com.br

Author: Jefferson Abreu

Compartilhe


Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *