Asseec no combate ao assédio moral

A retomada das atividades em combate ao assédio moral no serviço público foi pauta da reunião realizada na segunda-feira (19), na sede da Secretaria da Educação do Estado do Ceará (Seduc). Os diretores expuseram suas dúvidas acerca do assunto interessa e foram respondidos por integrantes da comissão de combate ao assédio moral.

Os participantes consideraram que a prática de assédio moral como uma ação  danosa e tem causado situações de humilhação. As repetidas vezes podem causar sérios problemas psicológicos, síndrome do pânico, ansiedade, problemas gástricos, emocionais e físicos. Com isso, a vítima fica vulnerável ao isolamento social.

A presidente da Asseec, Ritinha Bacana, que é vice-presidente do Fórum Nacional Permanente de Prevenção e Combate ao Assédio Moral no Serviço Público (Fonaprecam), bem como compõe a comissão setorial de assédio moral conduzida pelo Fórum Unificado das Associações e Sindicatos dos Servidores Públicos Estaduais do Ceará (Fuaspec) ressalta a importância do amparo assistencial a qualquer vítima que venha a denunciar situações constrangedoras.

Denuncie o Assédio Moral

Author: Jefferson Abreu

Compartilhe


Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *