Asseec cobra repasse do Fundeb para todos os servidores da Educação

Os diretores da Associação dos Servidores da Secretaria de Educação do Estado do Ceara (ASSEEC), participaram na tarde dessa segunda-feira (20), no auditório Murilo Aguiar, na Assembleia Legislativa, do 7° Ciclo Temático – Financiamento da educação no Brasil – “O Novo Fundeb”. A presidente da entidade representativa, Ritinha Bacana, durante apresentação, bem como os demais diretores, expuseram cartazes exigindo o repasse do Fundeb para todos os educadores, inclusive para os servidores administrativos das escolas, credes e Seduc.

A diretora da União Nacional dos Estudantes (UNE), Quezya Gomes, reforçou o compromisso com a Educação e, na ocasião, aproveitando o espaço, convocou a sociedade para mais um dia nacional de mobilização em defesa da Educação, agendado para 30 de maio. Mateus Lima, diretor da Associação Cearense dos Estudantes Secundaristas (ACES) criticou o posicionamento do governo federal diante dos cortes na educação e recordou que o Brasil era referência e caminhava para um futuro promissor.

O deputado federal Idilvan Alencar iniciou a discussão informando que estará como  1° vice-presidente da comissão do novo fundeb e prometeu lutar pela permanência do benefício através da PEC 015/2015.  Além disso, a PEC prevê definir parâmetros a complementação da União; definir requisitos que a Lei deverá seguir na definição dos parâmetros para a distribuição do Fundo; a criação do conceito de valor aluno ano, afim de redistribuir os recursos entre municípios mais ricos e mais pobres; excluir aposentadorias das cotas de manutenção e desenvolvimento da educação; e exigir o mínimo de 70% para pagamento de salários da ativa.

O congressista lamentou a demora pra aprovação do projeto que deveria ter sido votado em 2018, mas devido à intervenção militar durante o governo Temer, no Rio de Janeiro, não houve avanços nos debates na Casa Legislativa, apesar das 22 audiências realizadas.

No final do evento, em meio às perguntas e respostas com membros da mesa, Ritinha Bacana se posicionou como representante dos trabalhadores invisíveis, que são os servidores administrativos da Educação e, requereu do parlamentar maior empenho pelo reconhecimento e distribuição dos recursos para todos os educadores. Alencar prometeu encaminhar a demanda da ASSEEC.

Por fim, Idilvan Alencar explicou sobre a necessidade acerca da construção de um plano de trabalho do Novo Fundeb, pois haverá tempo estabelecido de ano para conclusão das discussões, votação e sanção do projeto. Além disso, Alencar também convidou e assegurou a participação da ASSEEC na comissão que discutirá o Novo Fundeb, em Brasília.

Galeria de fotos:

IMG_0408 IMG_0411 IMG_0412 IMG_0413 IMG_0415 IMG_0416 IMG_0417 IMG_0422 IMG_0423 IMG_0426 IMG_0429 IMG_0433IMG_0436 IMG_0439 IMG_0440

Author: Jefferson Abreu

Compartilhe


3 Comentários

  1. Parabéns a esta nossa presidente incansável batalhadora que não mede esforços para ajudar a nossa classe da educação, que tanto tem sofrido com o descaso e falta de compromisso para com a Educação .

    Post a Reply

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *